domingo, 21 de julho de 2024
Campo Grande
29°C

Rádio SOUCG

  • ThePlus Audio

Conheça Serra da Saudade, cidade menos populosa do Brasil

A cidade menos populosa do Brasil, Serra da Saudade, teve atualização no número de habitantes. Segundo as informações do Cartório de Registro Civil e Notas do município, a população da cidade era de 833 habitantes. Entretanto, após o registro de três óbitos e apenas um nascimento, o município está com 831 moradores.

Serra da Saudade é conhecida por ser a cidade menos populosa do Brasil, segundo as informações do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Há 11 anos a cidade localizada na região Centro-Oeste de Minas Gerais, a cerca de 250 km de Belo Horizonte, se tornou o menor município do Brasil em número de habitantes, tomando o posto de Borá, no interior de São Paulo. Essa pequena cidade coleciona histórias peculiares, como a de uma única família que representa 5% da população e uma festa de aniversário onde há pedaço de bolo para todos os moradores. Em uma de suas ruas, a Rua Rio de Janeiro no Bairro São Geraldo, há apenas uma casa, o que ilustra bem a sensação de isolamento em uma cidade tão pequena.

Serra da Saudade possui Wi-fi gratuito na região central e quase não registra criminalidade, com o último homicídio ocorrido há mais de 50 anos. Embora tenha a menor população do país, seu território é comparável ao de Belo Horizonte, com 335 km² de extensão. A cidade é composta por dois bairros, Centro e São Geraldo, e dispõe de um posto de saúde, mas carece de hospital, obrigando os moradores a se dirigirem a Dores do Indaiá, a 40 km de distância, para atendimentos médicos especializados.

O município possui uma infraestrutura modesta, com dois supermercados, uma loja de roupas, uma padaria, uma casa lotérica e sete bares, mas sem posto de combustíveis, os moradores abastecem em cidades vizinhas. Algumas figuras importantes, como os secretários de Educação, Cultura e Saúde, estão em seus cargos há quase 20 anos, e o atual prefeito, Alaor Machado, está em seu quinto mandato, evidenciando uma administração de longa data que sustenta a pequena comunidade.

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas