domingo, 14 de julho de 2024
Campo Grande
10°C

Rádio SOUCG

  • ThePlus Audio

5 dicas para não passar vergonha na primeira vez em um esqui na neve

Turistas deslizam sobre a neve em Cerro Catedral, montanha em Bariloche que tem a maior estação de esqui da ArgentinaDivulgação

A chegada da temporada de frio no hemisfério Sul traz consigo a promessa de paisagens nevadas e destinos icônicos como Cerro Catedral, em Bariloche, Argentina, e Valle Nevado e Portillo, no Chile, que já estão preparados para receber os entusiastas do esqui. Com início antecipado para 7 de junho, esses centros de esqui estão cobertos por uma generosa camada de neve, prometendo uma temporada memorável para os amantes dos esportes de inverno na América Latina.

Entretanto, visto que a incidência de neve no Brasil é basicamente nula, muitas pessoas possuem dificuldade e medo de conseguir aproveitar os esportes radicais que a neve proporciona, como o esqui. Para a influenciadora de turismo Renata Porto, mesmo em cima da hora, é possível se preparar para não passar vergonha na primeira vez andando de esqui. 

1 – Providencie um equipamento adequado

A primeira coisa a se fazer é arrumar um equipamento adequado. Segundo Renata, você nunca deve subestimar a qualidade do equipamento: “Você pode alugar os esquis e botas diretamente na estação, o que é super conveniente. Não se esqueça de um bom capacete, luvas quentes, óculos de proteção e roupas térmicas. O conforto e a segurança andam de mãos dadas nas pistas”.

2 – Pratique nas aulas de esqui

Mesmo que você já tenha alguma experiência, é sempre vantajoso considerar algumas aulas com um instrutor local. Os instrutores no Chile são reconhecidos pela sua profissionalidade e hospitalidade excepcionais, proporcionando não apenas aprimoramento técnico, mas também sacadas valiosas sobre as condições locais e as melhores práticas para aproveitar ao máximo as pistas de esqui.

3 – Se prepare fisicamente

Renata também cita a importância de se preparar fisicamente para a atividade. Antes de começar nas pistas, reservar alguns minutos para aquecimento não só melhora o desempenho, mas também reduz o risco de lesões.

Durante o dia, é fundamental manter-se hidratado e energizado, levando uma garrafinha de água e alguns snacks na mochila. As atividades na neve queimam muitas calorias, então uma alimentação adequada é essencial. Além disso, mesmo em ambientes frios, é importante proteger-se dos raios UV intensos causados pela altitude e pelo reflexo da neve aplicando protetor solar no rosto e nos lábios, garantindo assim uma diversão segura e sem contratempos.

4 – Estude o lugar onde você vai esquiar

As estações de esqui no Chile são bem sinalizadas, proporcionando uma experiência segura para esquiadores de todos os níveis. As pistas verdes são ideais para iniciantes, enquanto as azuis são adequadas para intermediários, as vermelhas para avançados e as pretas são reservadas para os experts. É fundamental respeitar seu nível de habilidade ao escolher a pista, garantindo uma experiência prazerosa e segura. Conhecer o que cada cor de pista significa é essencial para aproveitar ao máximo as montanhas.

Além da sinalização clara, o clima nas montanhas pode ser imprevisível, com mudanças rápidas nas condições. Verificar a previsão do tempo antes de sair e levar uma jaqueta impermeável são precauções importantes para se proteger de mudanças climáticas inesperadas.

Além disso, muitas estações de esqui oferecem serviços de transporte como ônibus e teleféricos, facilitando o acesso às pistas e evitando o estresse de dirigir na neve. Aproveitar esses serviços pode maximizar sua experiência nas montanhas, permitindo que você se concentre apenas em desfrutar do esqui. Aplicativos como Ski Tracks e OpenSnow são recursos valiosos, fornecendo informações sobre condições das pistas, previsão do tempo e até mesmo sua localização nas montanhas. Utilizá-los pode melhorar ainda mais sua experiência de esqui no Chile.

5 – Segurança em primeiro lugar

Estar bem preparado é essencial ao esquiar. Sempre se certifique de estar acompanhado de amigos e com o telefone carregado para qualquer emergência. Saber a localização dos postos de primeiros socorros e ter um pequeno kit de emergência na mochila também é crucial. Além disso, é necessário fazer um seguro de viagem que cubra especificamente atividades de esqui, o que te proporciona uma tranquilidade imensa durante toda a viagem. 

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas