quinta-feira, 20 de junho de 2024
Campo Grande
20°C

Rádio SOUCG

  • ThePlus Audio

YouTube libera controversa nova página de exibição para testes

Victor Carvalho

YouTube libera controversa nova página de exibição para testes

O YouTube
acaba de liberar a controversa nova página de exibição para testes por tempo limitado, mas apenas para os assinantes do YouTube Premium que cumpre os requisitos necessários.

A página de exibição reformulada estará disponível apenas através da web para computadores e, segundo o Google
, dá acesso “a uma experiência aprimorada no YouTube” que “não apenas facilita a descoberta conteúdo relacionado, mas também melhora a interação com comentários.”

Diferente da página tradicional onde os comentários ficam abaixo do vídeo e uma lista de recomendações é disposta em um bloco à direta, a nova página troca a posição dos elementos e destaca os comentários do lado direito.


Siga o Canaltech no Twitter
e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.

Isso facilitaria a leitura de comentários e engajamento com o conteúdo em exibição, ao mesmo tempo que permitiria acesso rápido a outros vídeos logo abaixo (similar ao YouTube para TV).

A página de exibição reformulada estará disponível para teste até o dia 1º de julho e interessados podem ativar através da página de novas funções
.

Para isso, basta selecionar o botão “Fazer um teste” e navegar pelo YouTube em seguida. Também é possível fazer comentários com elogios, dicas e críticas à nova página clicando em “Feedback.”

A atualização da página de exibição do YouTube sofreu com muita controvérsia quando foi liberada para teste em abril para usuários selecionados, mesmo com a mudança fazendo bastante sentido.

Com o bloco de comentários posicionado do lado direito do vídeo, usuários agora podem continuar assistindo ao conteúdo enquanto visualiza o que outras pessoas estão debatendo sobre o assunto.

Embora a mudança faça sentido, a enorme crítica já era esperada visto que o público não gosta de mudanças drásticas de uma hora para outra. Resta saber se o YouTube continuará apostando na novidade independentemente das opiniões negativas.

Leia a matéria no Canaltech
.

Trending no Canaltech:



Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas