sexta-feira, 12 de abril de 2024
Campo Grande
24°C

Rádio SOUCG

Yahoo compra Artifact, app de notícias de criadores do Instagram

André Lourenti Magalhães

Yahoo compra Artifact, app de notícias de criadores do Instagram

O Yahoo
anunciou a compra do Artifact, aplicativo voltado para textos e notícias criado pelos fundadores do Instagram
Mike Krieger e Kevin Systrom
. O app foi lançado em janeiro do ano passado e encerrado um ano depois pelos fundadores, mas a gigante de mídia decidiu comprar a estrutura para incorporá-la aos próprios serviços.

Em comunicado à imprensa e aos investidores, o Yahoo confirma que o Artifact não vai funcionar como um app próprio — no lugar disso, a IA usada na curadoria dos feeds será integrada a outros serviços da empresa, como o aplicativo do Yahoo News, para reforçar sugestões personalizadas.

Sobre o negócio, a gerente geral do Yahoo News, Kat Downs Mulder, comenta que “o Artifact se tornou um produto amado, estamos animados para continuar o crescimento da tecnologia
e nossa missão de virar um guia confiável para informação digital e o melhor curador, conectando pessoas aos conteúdos que mais importam para elas”.


Siga no Instagram
: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.

Cofundador do Instagram e CEO do Arfitact, Systrom destaca o benefício que a inteligência artificial pode trazer com a aquisição: “a IA nos permitiu dar uma experiência melhor aos usuários, descobrindo bons conteúdos que importam para eles. O Yahoo reconhece essa oportunidade e não poderíamos estar mais animados para vermos o que vamos construir no Yahoo News”. Kevin Systrom e Mike Krieger vão atuar como conselheiros do Yahoo durante a transição da estrutura.

Começo e fim do Artifact

O Artifact foi lançado como um “TikTok de textos”
: o algoritmo fazia uma curadoria de notícias, reportagens e colunas para criar um feed de acordo com os interesses de cada pessoa. Inicialmente, não deveria funcionar como uma rede social, mas aos poucos ganhou recursos para republicar conteúdos e seguir outras contas por lá
.

Mesmo com o apelo para a curadoria de conteúdo, a plataforma nunca alcançou tanto sucesso de público, com pouco mais de 100 mil downloads na Google
Play Store. O fim do Artifact foi confirmado em janeiro de 2024, a alguns dias de completar um ano de existência. Na ocasião, alegaram que o produto era algo querido por um grupo de usuários, mas que “as oportunidades de mercado não eram grandes o suficiente para garantir o investimento contínuo” na plataforma.

O app tinha alguns recursos interessantes, como modo de leitura para as notícias, um marcador para indicar clickbait
(títulos exagerados que forçam que a pessoa clique na matéria para descobrir o assunto) e uma IA que recriava as manchetes. É provável que o Yahoo incorpore algumas dessas ferramentas para ajudar na personalização do conteúdo.

Leia a matéria no Canaltech
.

Trending no Canaltech:

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas