domingo, 16 de junho de 2024
Campo Grande
23°C

Rádio SOUCG

Luxo e IA: Grécia vai ter maior "cidade inteligente" da Europa

Reprodução

Grécia terá uma cidade tecnológica

Atenas, a histórica capital da Grécia, conhecida por ser o berço da civilização ocidental e um centro de arte, filosofia, ciência e política, está se reinventando para se destacar entre as cidades inteligentes modernas.

Um ambicioso projeto chamado ‘Ellinikon’, situado na costa sul da cidade, promete transformar a área onde ficava o antigo aeroporto internacional em uma das cidades inteligentes mais importantes da Europa.

O projeto ‘Ellinikon’ inclui a construção de residências, hotéis e um porto esportivo. Espera-se que os primeiros residentes se mudem para o novo local até o final de 2026, com a conclusão total prevista para 2037. Quando finalizado, a nova cidade deve abrigar cerca de 20 mil pessoas.

Um dos destaques do projeto é a Marina Tower, um arranha-céu que já está em construção e fornecerá as primeiras unidades residenciais, além do porto esportivo. Este edifício promete ser um marco na nova cidade inteligente de Ellinikon.

Outro setor em desenvolvimento é o bairro ‘Little Atenas’, que contará com 243 residências de luxo, das quais 140 já foram vendidas, totalizando 641 milhões de euros.

As propriedades, localizadas à beira-mar, têm preços que podem chegar a 15 mil euros por metro quadrado, atraindo principalmente compradores gregos.

O conceito de ‘cidade de 15 minutos’ é central no projeto ‘Ellinikon’, com todos os serviços essenciais, como escolas, parques, escritórios, lojas e a praia, acessíveis a uma curta distância a pé.

A autossustentabilidade é um dos pilares da nova cidade, com a utilização de inteligência artificial para gerenciar serviços como coleta de resíduos e abastecimento de água.

A Lamda Development, empresa responsável pelo projeto, comprou os terrenos do governo grego em 2014 por 915 milhões de euros. Apesar dos atrasos causados pela crise econômica, pela pandemia de Covid-19 e pela guerra na Ucrânia, o projeto está avançando, e a empresa já apresenta resultados financeiros positivos.

Até o final deste ano, a Lamda planeja iniciar a construção das primeiras 15 residências e alcançar 100 metros de altura na Marina Tower em um ano.

Além disso, um complexo esportivo com campos de futebol, quadras de tênis e piscinas está previsto para ser inaugurado dentro de um ano.

Quer ficar por dentro das principais notícias do dia? Clique aqui e faça parte do nosso canal no WhatsApp.

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas