sexta-feira, 24 de maio de 2024
Campo Grande
20°C

Rádio SOUCG

Inmet emite alerta para geada no Rio Grande do Sul

Nathan Vieira

Inmet emite alerta para geada no Rio Grande do Sul

A situação climática no Rio Grande do Sul não está para trégua. A previsão do tempo já indicava temperaturas abaixo de 0 °C no RS
nesta quarta (15), e o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu o alerta para geada no estado, principalmente no interior. O fenômeno também deve atingir Santa Catarina.

O alerta laranja (perigo) emitido pelo Inmet se concentra em regiões como Vale do Itajaí, Grande Florianópolis, Nordeste Rio-grandense, Serrana e Sul Catarinense.

Enquanto isso, o Instituto também emitiu um alerta amarelo para as regiões Sudoeste Rio-grandense, Sudeste Rio-grandense, Centro Oriental Rio-grandense, Metropolitana de Porto Alegre e Centro Ocidental Rio-grandense.


Siga no Instagram
: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.

A estimativa feita pelo Inmet é que a temperatura mínima dessas áreas pode variar a 3 ºC e 0 °C.

Essa queda tão repentina na temperatura acontece por causa de uma massa de ar polar que se aproxima do Rio Grande do Sul. O ar frio e seco ganha força no estado.

O mapa indicado pelo Inmet não inclui a capital gaúcha entre os municípios atingidos pela geada, mas o aviso se estende à Região Metropolitana de Porto Alegre.

Dito isso, é importante ver que as áreas sob alerta de perigo não são as mesmas afetadas pelas enchentes do RS
, mas há cidades próximas.

Municípios afetados pela geada

O Inmet também divulgou a lista completa dos municípios afetados pela geada desta semana.

Os municípios afetados pelo alerta laranja (perigo) são os seguintes:

  • Agrolândia (SC)
  • Agronômica (SC)
  • Alfredo Wagner (SC)
  • André da Rocha (RS)
  • Anita Garibaldi (SC)
  • Antônio Prado (RS)
  • Atalanta (SC)
  • Bocaina do Sul (SC)
  • Bom Jardim da Serra (SC)
  • Bom Jesus (RS)
  • Bom Retiro (SC)
  • Braço do Trombudo (SC)
  • Cambará do Sul (RS)
  • Campestre da Serra (RS)
  • Campo Belo do Sul (SC)
  • Capão Alto (SC)
  • Capão Bonito do Sul (RS)
  • Caxias do Sul (RS)
  • Cerro Negro (SC)
  • Chapadão do Lageado (SC)
  • Correia Pinto (SC)
  • Curitibanos (SC)
  • Esmeralda (RS)
  • Flores da Cunha (RS)
  • Grão Pará (SC)
  • Ipê (RS)
  • Ituporanga (SC)
  • Jaquirana (RS)
  • Lages (SC)
  • Lagoa Vermelha (RS)
  • Lauro Müller (SC)
  • Monte Alegre dos Campos (RS)
  • Muitos Capões (RS)
  • Nova Pádua (RS)
  • Nova Roma do Sul (RS)
  • Orleans (SC)
  • Otacílio Costa (SC)
  • Painel (SC)
  • Palmeira (SC)
  • Petrolândia (SC)
  • Ponte Alta (SC)
  • Pouso Redondo (SC)
  • Protásio Alves (RS)
  • Rio Rufino (SC)
  • São Cristóvão do Sul (SC)
  • São Francisco de Paula (RS)
  • São Joaquim (SC)
  • São José do Cerrito (SC)
  • São José dos Ausentes (RS)
  • São Marcos (RS)
  • Trombudo Central (SC)
  • Urubici (SC)
  • Urupema (SC)
  • Vacaria (RS)
  • Veranópolis (RS)
  • Vila Flores (RS)

Já os municípios afetados pelo alerta amarelo são:

  • Aceguá (RS)
  • Amaral Ferrador (RS)
  • Arroio do Padre (RS)
  • Arroio Grande (RS)
  • Bagé (RS)
  • Caçapava do Sul (RS)
  • Cachoeira do Sul (RS)
  • Camaquã (RS)
  • Candiota (RS)
  • Canguçu (RS)
  • Capão do Leão (RS)
  • Cerrito (RS)
  • Chuvisca (RS)
  • Cristal (RS)
  • Dom Feliciano (RS)
  • Dom Pedrito (RS)
  • Encruzilhada do Sul (RS)
  • Herval (RS)
  • Hulha Negra (RS)
  • Jaguarão (RS)
  • Lavras do Sul (RS)
  • Morro Redondo (RS)
  • Pedras Altas (RS)
  • Pedro Osório (RS)
  • Pelotas (RS)
  • Pinheiro Machado (RS)
  • Piratini (RS)
  • Rosário do Sul (RS)
  • Santa Margarida do Sul (RS)
  • Santana da Boa Vista (RS)
  • Sant’Ana do Livramento (RS)
  • São Gabriel (RS)
  • São Lourenço do Sul (RS)
  • São Sepé (RS)
  • Vila Nova do Sul (RS)

A previsão do tempo indica chuva no RS na quinta-feira (16)
, em diversas regiões. Na sexta (17), a instabilidade continua.

Por enquanto, os meteorologistas ainda não sabem quando o nível de água vai baixar de verdade e reduzir a onda de enchentes, inundações e alagamentos no Rio Grande do Sul.

Leia a matéria no Canaltech
.

Trending no Canaltech:



Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas