sexta-feira, 24 de maio de 2024
Campo Grande
20°C

Rádio SOUCG

É possível salvar eletrônicos molhados pela enchente?

Vinícius Moschen

É possível salvar eletrônicos molhados pela enchente?

Entre os diversos itens materiais que podem ser afetados por enchentes e alagamentos estão os eletrônicos. Mesmo que eles possam parecer destruídos, em muitos casos é possível fazê-los funcionar novamente, realizando algumas ações específicas e tomando precauções.

Como explicou ao Canaltech o especialista em suporte técnico Lucas dos Santos, o mais importante é não tentar ligar o dispositivo enquanto ele ainda está molhado
ou sujo por dentro. Se ele já estiver ligado, é preciso desligá-lo o mais rápido possível.

Como tentar recuperar eletrônicos molhados

O desligamento é urgente pois a água impura está repleta de minerais, que são ótimos condutores de eletricidade.
Se uma carga for aplicada nele por meio da tomada, os íons (partículas com carga elétrica) presentes na água formarão conexões elétricas onde elas não deveriam existir, sobrecarregando peças essenciais dos dispositivos.


Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram
e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Portanto, a ação imediata a ser tomada é limpar os produtos molhados com água limpa. É recomendado fazer a limpeza da forma mais profunda possível,
mas apenas com água corrente — portanto, sem utilizar jatos d’água, principalmente nas peças essenciais.

Para realizar uma limpeza mais completa, em alguns casos é possível desmontar o produto. No entanto, é preciso ter cuidado para não perder parafusos ou confundi-los entre diferentes dispositivos, especialmente se forem muitos itens afetados — como infelizmente é o caso nas enchentes que afetam o Rio Grande do Sul em maio deste ano.

Recomenda-se guardar os parafusos em sacolas plásticas separadas para cada produto. Além disso, é possível consultar manuais online ou fazer vídeos do desmonte, para facilitar o processo de remontagem que virá depois.

Um pano macio e seco pode acelerar o processo de secagem, mas é preciso passar ele com cuidado e suavidade, especialmente em áreas sensíveis como placas de circuito. No entanto, o produto só secará completamente com o tempo — por isso, é essencial deixá-lo longe da tomada por pelo menos uma semana
.

O álcool isopropílico também pode ser passado em algumas peças para que elas sequem mais rápido. O especialista ainda sugere colocar o produto em um recipiente com sílica ou arroz,
que acelerará o processo de retirada da umidade.

Aparelhos de TV, computadores ou outros produtos de maior complexidade podem exigir uma visita à assistência técnica
para inspeção mais próxima. No entanto, se itens como secadoras, geladeiras e fogões funcionarem normalmente após a semana de espera, cuidados adicionais não serão necessários.

No entanto, existe um fator extra que pode afetar o funcionamento dos dispositivos a longo prazo: a corrosão das peças internas pela água. Mesmo que o produto tenha sido salvo no momento, não se descarta a possibilidade de eles pararem de funcionar aos poucos ao longo dos próximos meses — nestes casos, será necessário ir a um centro de reparos para trocar partes importantes.

Leia a matéria no Canaltech
.

Trending no Canaltech:

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas