sábado, 18 de maio de 2024
Campo Grande
19°C

Rádio SOUCG

Desta vez com IA, Google mostra novos óculos inteligentes

Victor Carvalho

Desta vez com IA, Google mostra novos óculos inteligentes

Após o anúncio das grandes novidades da OpenAI para o ChatGPT
na última segunda (13), foi a vez Google
realizar sua grande apresentação I/O 2024 de quase 2 horas para detalhar o futuro de sua inteligência artificial (IA), que se afasta do Google Assistente para abraçar o Gemini. E um protótipo chamou atenção de todos logo no início do evento. Seria este um sucessor do Google Glass? E como ele deve funcionar?

Damis Hassabis, diretor executivo do DeepMind, subiu ao palco para apresentar o Projeto Astra, “um agente universal de inteligência artificial útil na vida cotidiana” que representa “nossa visão para o futuro dos assistentes de IA”.

O vídeo começa com a demonstração de um aplicativo que utiliza a câmera do smartphone para ver e entender o mundo à frente. Com ele, usuários podem questionar sobre itens diante da câmera, receber detalhes precisos desenhando “sobre a tela” e até perguntar onde está um determinado objeto mesmo já tendo passado por ele.


Siga o Canaltech no Twitter
e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.

Para a segunda fase da demonstração, a pessoa substitui o smartphone por um protótipo de óculos inteligente com IA integrada que funciona da mesma forma: utiliza a câmera para ver por você e interagir com o mundo.

Os exemplos são semelhantes: apontar diretamente (com uma seta, não com o dedo) para o que você quer ajuda, identificar a ideia desejada com um desenho abstrato e obter ideias de nomes de banda com o que está na sua frente.

Tudo isso dá espaço para um potencial retorno do Google à categoria de óculos inteligentes – que tem chamado cada vez mais atenção com o Ray-Ban Meta
Smart Glasses – e reacende a torcida para lançamento de um sucessor do Google Glass.

Na descrição do vídeo no YouTube
, o Google cita o dispositivo apenas como um “protótipo de óculos”. Na marcação de 1 minuto e 35 segundos, podemos ver o acessório com armação quadrada de hastes grossas que devem esconder componentes como processador e bateria.

O protótipo tem design semelhante ao Projeto Iris
, que tinha como foco exibir tradução em tempo real e legendas durante conversas na lente dos óculos. O projeto foi cancelado pelo Google em junho de 2023 para concentrar esforços da empresa em criar softwares para as fabricantes de produtos semelhantes.

Dessa forma, é improvável que vejamos o Google investir em hardware
de óculos inteligentes. Em vez disso, devemos esperar que outras empresas criem tais aparelhos com o Google por trás de sistemas operacionais, aplicativos ou inteligenciais artificiais. Aparentemente, o trauma do Google Glass ainda não passou.

Veja ainda as novidades empolgantes para o futuro do Gemini
e os principais destaques do evento Google I/O 2024
.

Leia a matéria no Canaltech
.

Trending no Canaltech:



Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas