sábado, 18 de maio de 2024
Campo Grande
20°C

Rádio SOUCG

BYD Shark | Picape híbrida é apresentada com potência e autonomia absurdas

Paulo Amaral

BYD Shark | Picape híbrida é apresentada com potência e autonomia absurdas

A BYD apresentou nesta terça-feira (14), em evento global realizado no México, a Shark, picape híbrida plug-in que em breve chegará ao Brasil para assustar a Toyota Hilux
, a Chevrolet S10
e a Ford Ranger
.

Como já havia sido especulado
, a caminhonete média da montadora chinesa, construída na plataforma DMO Super Híbrida Off-road, tem na potência e na autonomia absurdas seus principais destaques.

Seu powertrain é formado por um motor 1.5 turbo a combustão, de 180 cv, e outros dois elétricos, um em cada eixo. Juntos, eles entregam 430 cv ao motorista e dão à picape a aceleração de 0 a 100 km/h em apenas 5,7 segundos.


Siga o Canaltech no Twitter
e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.

A autonomia, no ciclo chinês, é de espantosos 840 quilômetros, mas o alcance combinado de acordo com o PBEV
do Inmetro ainda não foi divulgado. Segundo a BYD, porém, a picape híbrida terá a capacidade de rodar ao menos 100 quilômetros no modo exclusivamente elétrico (também segundo o ciclo NEDC).

A montadora também divulgou que a Shark, por usar o propulsor elétrico em cerca de 80% do tempo, tem um consumo médio de 13,3 km/l, número bastante interessante para uma caminhonete que mede 5,46 metros e é maior que as principais concorrentes do mercado brasileiro — a Ranger, por exemplo, mede 5,35 m.

O tempo de carregamento promete agradar aos mais exigentes. Os dados técnicos não foram revelados, mas a BYD informou que a bateria (cuja capacidade segue em segredo) pode recuperar de 30% a 80% do total em apenas 20 minutos.

BYD Shark é “tubarão tecnológico”

Além da imponência do design, que “lembra um tubarão de boca aberta” e dos ótimos números em termos de desempenho e autonomia, a picape híbrida plug-in também não fará feio em termos de tecnologia
. A cabine da BYD Shark será confortável e bastante equipada.

O material divulgado pela marca confirmou que a já conhecida central multimídia giratória, presente em todos os modelos da marca à venda no Brasil, estará presente, assim como o painel de instrumentos digital, que será de 10,25 polegadas.

Além das telas gigantes, a BYD Shark oferecerá ainda a chamada “visão 540º”, que combina a câmera 360º com a visão 180º da parte inferior do veículo, ideal para quem quiser colocar a caminhonete em terrenos off-road.

O pacote de equipamentos contará com outros itens bastante interessantes, como comando de voz, carregador sem fio para smartphones e head up display de 12 polegadas. Entre os recursos de assistência à condução, destaque para o controle de cruzeiro adaptativo, a frenagem automática de emergência e o alerta de permanência em faixa.

BYD Shark no Brasil: Preço e disponibilidade

A BYD ainda não confirmou oficialmente a data exata da chegada da picape Shark ao Brasil, mas o lançamento oficial deve acontecer apenas entre os meses de agosto e setembro, com a abertura das reservas se iniciando logo depois.

Em relação aos preços, por enquanto, nada definido, pois ainda não há informações sobre quantas e quais serão as versões da caminhonete híbrida plug-in disponibilizadas para o consumidor brasileiro. No México, ela será vendida em duas versões, com preços equivalentes a R$ 274.250 e R$ 295.526.

É possível que a montadora chinesa acrescente a Shark ao portfólio de carros que pretende produzir no Brasil
quando inaugurar o complexo fabril em Camaçari, na Bahia. Por enquanto, porém, ela chegará por aqui no chamado regime SKD, ou seja, importada da China e parcialmente montada.

Leia a matéria no Canaltech
.

Trending no Canaltech:



Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas