sexta-feira, 19 de abril de 2024
Campo Grande
28°C

Rádio SOUCG

Avião supersônico faz história em 1º voo nos Estados Unidos

Paulo Amaral

Avião supersônico faz história em 1º voo nos Estados Unidos

O XB-1, primeiro avião supersônico fabricado pela Boom Supersonic
, entrou para a história na última sexta-feira, dia 22 de março. A aeronave concluiu com sucesso seu voo inaugural e, segundo a fabricante, deu o pontapé inicial para “tornar o mundo mais acessível”.

Comandada por Bill Shoemaker, piloto de testes da Boom, a aeronave decolou e pousou em Mojave, na Califórnia, mesmo local em que o Bell XB-1, primeiro avião supersônico do mundo, fez seu voo inaugural em 1947.

De acordo com Blake Scholl, fundador e CEO da Boom Supersonic, o voo inaugural do XB-1 é um marco significativo para que, em breve, possa haver viagens supersônicas disponíveis aos passageiros em todo o mundo”.


CT no Flipboard
: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.

O XB-1 que realizou o voo inaugural é, na verdade, um avião que está servindo de protótipo para o futuro Overture, esse sim um supersônico que terá a capacidade de transportar entre 64 e 80 pessoas, incluindo passageiros e tripulantes.

Viagens duas vezes mais rápidas

De acordo com as informações da empresa, o avião supersônico alcançou em seu voo inaugural altitude e velocidade desejadas na programação. O XB-1 voou a 7.160 pés de altura (aproximadamente 2.200 metros) e atingiu 440 km/h.

A velocidade, aliás, ainda está longe da desejada para os voos comerciais, que deverá ficar entre 1.200 e 1.800 km/h. Ao atingir esses números, o avião supersônico conseguirá, de acordo com a fabricante, reduzir pela metade o tempo de voos comerciais internacionais
.

Segundo o site oficial da Boom Supersonic, será possível viajar entre Atlanta, nos Estados Unidos, e Madri, na Espanha, em 4 horas e 35 minutos, e de Miami (EUA) a Santiago (Chile) em 4 horas e 40 minutos.

Hoje esses voos levam, em média, entre 7 horas e 40 minutos e 8 horas para serem completados por um avião comercial comum. A previsão é que o avião supersônico sucessor do Concorde fique pronto para voar entre 2027 e 2030.

Leia a matéria no Canaltech
.

Trending no Canaltech:



Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas