sexta-feira, 21 de junho de 2024
Campo Grande
22°C

Rádio SOUCG

  • ThePlus Audio

As Cores do Mal: Vermelho | Como o filme polonês se tornou fenômeno na Netflix?

Diandra Guedes

As Cores do Mal: Vermelho | Como o filme polonês se tornou fenômeno na Netflix?

Fugindo das tradicionais tramas estadunidenses, a Netflix
acertou em cheio ao lançar, no último dia 29 de maio, um suspense polonês que rapidamente se tornou um dos filmes mais assistidos da plataforma. As Cores do Mal: Vermelho
é uma trama repleta de reviravoltas e com muito mistério que conquistou o público por ter um ritmo ágil e tornar impossível desgrudar os olhos da tela.

Talvez por isso, e pela força da propaganda boca a boca, o filme tenha se tornado um fenômeno em poucos dias e entrado na lista dos mais vistos no Brasil.

Baseado no livro homônimo da escritora Małgorzata Oliwia Sobczak, a história acompanha o incansável promotor Leopold Bilsk tentando descobrir o que aconteceu com o corpo de uma jovem que apareceu na praia e teve um pedaço da boca mutilada. Ao seu lado está a juíza Helena Bogucka, mãe da vítima, e cujo desespero por resposta torna a situação ainda mais tensa.


Siga no Instagram
: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.

Ela se culpa por não estar tão presente quanto gostaria na vida da jovem e acredita que seu casamento fracassado com o poderoso advogado Roman (Andrzej Zieliński) pode ter influenciado no comportamento da filha Monika, a vítima. Isso porque a adolescente começou a trabalhar em uma boate e, além de namorar o gerente, ainda o ajudou a vender drogas.

Com isso em mente e com o avançar das investigações, algumas pistas conduzem Helena e o promotor até um clube à beira-mar onde, 15 anos atrás, uma jovem morreu em condições parecidas. Só que quanto mais próximos eles chegam da verdade, mais a pressão dos policiais locais e até mesmo dos moradores aumenta. Ao que tudo indica, todos têm algum segredo a esconder.

Construindo um suspense latente, o filme também toca em pontos delicados como o lado sórdido do ser humano e como a conivência da sociedade pode acobertar um crime por tantos anos. Uma das críticas no IMDb
garante que ele é, de longe, uma das melhores obras da Netflix, daqueles filmes que o espectador assiste de uma vez só, sem conseguir nem ao menos pausá-lo.

E vai ter continuação?

Como o filme fez muito sucesso, os assinantes já começaram a especular se a trama ganhará continuação ou não. A Netflix ainda não deu uma resposta oficial, mas a boa notícia é que As Cores do Mal: Vermelho
faz parte de uma trilogia de livros que conta ainda com o livro “ Preto
” e “ Branco
”. As histórias seguintes também trazem o promotor Bilsk como protagonista, então é possível que ele se torne o personagem central das próximas histórias.

Vale lembrar que apesar da trama ser semelhante a muitos filmes true crime, a história não é inspirada em fatos reais.

Leia a matéria no Canaltech
.

Trending no Canaltech:

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas