sexta-feira, 12 de abril de 2024
Campo Grande
24°C

Rádio SOUCG

PT se manifesta sobre os 60 anos da chegada dos militares ao poder, contrariando Lula

Diante dos 60 anos da chegada dos militares ao comando do Brasil, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pediu, no início do março, que não houvesse manifestações a respeito do tema, e nenhuma alusão à data por parte de seus ministros e das esferas do Executivo.

No entanto, algumas personalidades próximas a Lula não deixaram de se manifestar sobre o que pensam da data e do período, como fez Dilma Rousseff em seu perfil no X. “Manter a memória e a verdade histórica sobre o golpe militar que ocorreu no Brasil há 60 anos, em 31 de março de 1964, é crucial para assegurar que essa tragédia não se repita, como quase ocorreu recentemente, em 8 de janeiro de 2023”, disse a ex-presidente.

O Partido dos Trabalhadores (PT) também se manifestou na sua conta oficial na plataforma, e republicou as mensagens de repúdio publicadas por parlamentares da legenda.

Fontes do governo confirmaram, na semana passada, que o ministro da Defesa, José Múcio, avisou ao presidente que os comandantes de Exército, da Marinha e da Aeronáutica concordaram em não se manifestar neste domingo, configurando um acordo tácito.

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp e fique por dentro dos acontecimentos também pelo nosso grupo, acesse o convite.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro


Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas