sexta-feira, 12 de abril de 2024
Campo Grande
24°C

Rádio SOUCG

Jogo político para sucessão de João Carlos Krug começa a se desenhar

Ex-prefeito Jocelito entra no jogo político para sucessão de João Carlos Krug

Dia 6 de abril, seis meses antes das eleições municipais, é a data-limite para que todas as legendas e federações partidárias obtenham o registro dos estatutos no TSE. Esse também é o prazo final para que todas as candidatas e todos os candidatos tenham domicílio eleitoral na circunscrição em que desejam disputar as eleições e estarem com a filiação deferida pela agremiação pela qual pretendem concorrer.

Este é o momento em que o jogo político se define, mas antes as articulações e pronunciamentos apontam para definições de pré-candidatos.

Em Chapadão do Sul observa-se movimentação mais intensa no PSDB, Partido da Social Democracia Brasileira, agremiação partidária do atual Prefeito João Carlos Krug, que entra na reta final de seu último ano do segundo mandato consecutivo. Isso representa que ele não poderá concorrer ao cargo neste ano.

As articulações dentro do PSDB ultrapassam as fronteiras do município e chegam na capital Campo Grande, na sede do Diretório Estadual, que conta como presidente o ex-governador Reinaldo Azambuja, que “fez” o seu sucessor, Eduardo Riedel.

Em Chapadão do Sul o Vereador Vanderson Cardoso, articulado político local foi o primeiro a se manifestar publicamente a sua pretensão de ser um pré-candidato a Prefeito, em entrevista exclusiva para o jornalista Rafael Ferreira Freitas, que publicou em redes sociais.

Vanderson Cardoso está em seu segundo mandato de vereador, filiado ao PSDB, certamente terá que disputar a candidatura na convenção, ou mudar de partido dentro dos próximos dias.

Na terça-feira (26), o Vereador Alírio José Bacca, (PSDB) atual presidente da Câmara de Vereadores esteve em Costa Rica, com o Prefeito João Carlos Krug, para um encontro com o Presidente Reinaldo Azambuja, que articula para eleger o maior número possível de Prefeitos em Mato Grosso do Sul.

Ocorre que o ex-prefeito de Chapadão do Sul, por dois mandatos consecutivos e ex-presidente da Assomasul, Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul, o produtor rural Jocelito Krug esteve na capital em reunião com a diretoria estadual e com participação do Governador Eduardo Riedel, do mesmo PSDB. Na oportunidade, Jocelito disse que está à disposição do partido para assinar ficha de filiação, voltar à cena política de Chapadão do Sul, para dar a sua contribuição para o fortalecimento da política local.

“Estive fora da política de Chapadão do Sul por 12 anos, período em que organizei meus negócios na agropecuária e pessoal. Agora me sinto pronto para voltar a dar minha contribuição para meu município”, disse Jocelito ao Jovemsulnews.

Já no início da noite desta quarta-feira, 27 de março, em reunião com jornalistas locais, o produtor rural, Presidente do Sindicato Rural e ex-candidato a Prefeito de Chapadão do Sul, Walter Schlatter anunciou a sua pré-candidatura. Ele está atualmente no PP, Partido Progressista e igualmente está colocando seu nome na cena política para sucessão do atual prefeito, mais uma vez. Ele foi candidato em 2016 e não se elegeu, com 47% dos votos válidos. “Quero deixar um legado a Chapadão do Sul”, disse Walter Schlatter.

Nas últimas semanas, políticos locais, entre eles, secretários municipais, estreantes na vida pública partidária, que estariam aparecendo em supostas pesquisas, foram alvos de especulações daqueles que desejam “sangue novo” na política.

O fato é que o “jogo” começou e os arranjos dentro das siglas partidárias, apontarão em breve os pré-candidatos a Prefeito, Vice-Prefeito e Vereadores de Chapadão do Sul.

Fonte: Jovemsulnews (Norbertino Angeli)

É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa)

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas