sábado, 18 de maio de 2024
Campo Grande
19°C

Rádio SOUCG

UCP começa enviar medicamentos, água e mantimentos para o RS

Uma grande rede de solidariedade foi formada pela comunidade acadêmica da Universidade Central do Paraguai (UCP) de Pedro Juan Caballero para ajudar as milhares de vítimas da maior inundação já registrada do Sul do Brasil. Professores, doutores, universitários, colaboradores de todos os setores e moradores da Capital do Departamento de Amambay, aceitaram colaborar com os gaúchos que sofrem com a cheia provocada pelas chuvas.

Em menos de uma semana foram doados milhares de litro de água mineral, alimentos, roupas, calcados e medicamentos. Tudo foi organizado e pelo menos uma carreta deve seguir neste final de semana para a região atingida pela catástrofe. No começo da semana, o produtor rural e empresário de ensino superior e diretor da UCP em Pedro Juan Caballero, Carlos Bernardo, pediu a colaboração de todos e falou da importância de ajudar os desabrigados.

Voo da solidariedade
Nesta quinta-feira (9), um voo partiu do Aeroporto Internacional de Ponta Porã levando cerca de uma tonelada de medicamentos com destino a Caxias do Sul (RS). A aeronave da universidade paraguaia chegou no começo da noite e os medicamentos foram entregues para a Defesa Civil que vai fazer o repasse para as autoridades de saúde.

O diretor da UCP de Pedro Juan Caballero, Carlos Bernardo, que acompanhou o carregamento da aeronave e disse que novas remessas serão feitas dentro da necessidade.  “Estamos prontos e preparados para ajudar os irmãos do Rio Grande do Sul. Este foi o primeiro envio de medicamentos e em breve vamos mandar uma carreta lotada daquilo que foi arrecadado com os nossos alunos e colaboradores e durante a próxima semana devemos mobilizar outras aeronaves e carretas. Temos uma quantidade enorme de água e leite que serão destinados aos desabrigados”, disse Carlos.

Desafio do bem
Um desafio entre a comunidade acadêmica e os colabores da UCP tem sido um sucesso na arrecadação de leite, água, roupas, produtos de limpeza e alimentos. Uma pessoa desafiava outras cinco pessoas a doar e assim por diante era feito o desafio que lotou o setor de restaurante da Centro Tecnológico de Pedro Juan Caballero. Os donativos estão sendo embalados e serão enviados neste final de semana.

Além da UCP, a prefeitura de Ponta Porã e outras entidades brasileiras e paraguaias também organizaram arrendações que estão sendo levadas para o Rio Grande do Sul. Existe a expectativa de que volte chover na região no final de semana e a preocupação é com a manutenção das famílias que foram desalojadas e estão em abrigos ou casa de parentes. Muitas cidades continuam sem a distribuição de água potável e energia elétrica.

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas