segunda-feira, 22 de abril de 2024
Campo Grande
26°C

Rádio SOUCG

Maior edital de incentivo ao esporte da história de MS é lançado junto à comunidade esportiva

Com a presença da comunidade esportiva, o Governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer) e Setesc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cultura) anunciou, nesta quarta-feira (3), o lançamento do edital de chamamento público “Esporte e Transformação Social: Novas Conquistas em MS”.

O recurso totaliza R$ 7 milhões para o incentivo ao esporte no estado. O edital foi publicado nesta quinta-feira (4) no Diário Oficial do Estado (clique aqui para acessar)

A solenidade de lançamento reuniu dirigentes esportivos, atletas, técnicos e gestores municipais no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande.

Considerado histórico, este é o maior edital de incentivo ao esporte sul-mato-grossense e visa beneficiar projetos de associações, clubes, federações e outras entidades esportivas em diversas categorias, abrangendo desde o esporte de iniciação até o alto rendimento, incluindo também modalidades de aventura e voltados para a transformação social.

Para contemplar a grandiosidade do evento, a cerimônia desta quarta-feira (3) contou com a apresentação de diversas modalidades esportivas, como tênis de mesa, wrestling (luta olímpica), taekwondo, judô, xadrez, ginástica, badminton, voleibol adaptado, handebol, basquetebol 3×3, ciclismo, atletismo e performance de pirofagia.

Edital é oportunidade para que clubes, associações e instituições expandam atividades e alcancem novos patamares no esporte (Foto: João Garrigó)

O objetivo é selecionar projetos esportivos e os subsidiar a fim de atender às diversas manifestações esportivas presentes em Mato Grosso do Sul. Os projetos devem estar em conformidade com leis, normas, regras e diretrizes que regem as políticas públicas de esporte, abrangendo suas três grandes manifestações: a formação esportiva, a excelência esportiva e a vivência esportiva.

As entidades de práticas desportivas, associações, institutos, ONGs, clubes escolares e/ou clubes esportivos poderão encaminhar até duas propostas ao todo, sendo estas obrigatoriamente em categorias distintas. Já as federações esportivas poderão enviar apenas uma única proposta na sua referida categoria.

Os proponentes mais bem pontuados receberão apoio financeiro conforme ordem de colocação do resultado definitivo, com previsão de execução do objeto no prazo de até 12 meses. As propostas podem ser submetidas até o dia 22 de maio. 

Para o vice-governador José Carlos Barbosa, o Barbosinha, a preocupação do Governo de Mato Grosso do Sul é contemplar todas as áreas esportivas.

“É muito importante termos a consciência do valor e da importância que o esporte desperta na vida das pessoas, do jovem e do adolescente, na transformação de vidas. O esporte, ele em todas as áreas de saúde, segurança pública, ele funciona como um instrumento importantíssimo de cidadania”, destaca.

Cerimônia de lançamento contou com presença da comunidade esportiva e de demonstrações de modalidades no Rubens Gil de Camillo (Fotos: Daniel Reino/FCMS)

O secretário de Estado de Turismo, Esporte e Cultura, Marcelo Ferreira Miranda, classifica a publicação do edital como um capítulo marcante na história do esporte sul-mato-grossense.

“É um marco significativo para o esporte em Mato Grosso do Sul. Com esse investimento, estamos não apenas apoiando as entidades esportivas locais, mas também criando oportunidades para o desenvolvimento e a inclusão em todas as áreas do cenário esportivo. Estamos comprometidos em fortalecer a base esportiva do nosso estado, capacitando atletas desde o início, lá na base, até o alto rendimento, e promovendo iniciativas que gerem impacto social positivo. Estou emocionado em fazer parte desse movimento de transformação”, ressalta Miranda. 

Já o diretor-presidente da Fundesporte, Herculano Borges, comenta que o edital foi feito com cuidado. “Nós tivemos a cautela, exatamente como vocês colocaram, no sentido de primeiro preparar as associações, os clubes, na questão da formalização, da atualização do estatuto, a preparação dos planos de trabalho, para eles se prepararem para realmente captar esse recurso, esperamos que ele seja repassado para a sociedade civil na sua totalidade”.

No total, o recurso de 7 milhões de reais visa contemplar sete categorias diferentes: esporte e transformação social, esporte de aventura, avaliação da saúde e desempenho de atletas, esporte de rendimento infanto-juvenil, esporte de rendimento adulto, esporte de alto rendimento adulto e federações esportivas.

A primeira-dama, Mônica Riedel fez questão de destacar a transversalidade do esporte. “Eu, como atleta amadora, porque eu gosto muito da corrida, sei a importância do que é a conquistarmos através do nosso empenho, e o esporte proporciona isso. Um investimento que pode influenciar a carreira esportiva de muitos atletas aqui do Estado. O esporte ajuda em todas as áreas, pode tirar um adolescente da violência,ensina a criança que tem que treinar para poder ter resultados bons e incentiva o trabalho em equipe”, destaca.

O último edital de chamamento público investiu R$ 3 milhões no setor esportivo. O edital ‘Esporte e Transformação Social: Novas Conquistas em Mato Grosso do Sul’ aplica mais que o dobro e abraça novas categorias. 

Bel Manvailer, Comunicação Fundesporte
Lucas Castro, Comunicação Setesc
Foto de destaque: Thaís Lima/Fundesporte

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas