sábado, 20 de julho de 2024
Campo Grande
20°C

Rádio SOUCG

  • ThePlus Audio

Douradense bate recorde e leva disputa da Maratona de Campo Grande

O douradense Rodrigo Sobral, eletricista de 32 anos, não só ganhou, como bateu o recorde dos 42 quilômetros da Maratona de Campo Grande. Ele completou a prova em 2 horas e 31 minutos.  Até então, o tempo mínimo foi registrado na prova do ano passado, quando o vencedor percorreu a mesma distância em 2 horas e 39 minutos, oito minutos a mais que Rodrigo.

“É um sentimento surreal. Quero agradecer primeiramente a Deus e segundo a minha esposa, sempre tá comigo, me ajudando nos treinos diários. E terceiro, meu treinador, que tivemos pouco tempo pra trabalhar para essa maratona, mas graças a Deus consegui desenvolver bem a prova, administrei e consegui correr dentro do recorde da prova, que era o proposto, e estou feliz. Muito obrigado a todos”, disse Rodrigo. 

O maratonista considerou a prova bem desafiadora. “Tem bastante subida, mas na parte final melhora, deu pra já ter uma distância boa administrada então foi bom, foi boa a prova”. –

Rodrigo conta que a intenção era correr na casa de 3 horas e 30 minutos. “Se viesse alguém mais forte, iria correr um pouco mais forte também junto. Essa era a meta né, ser campeão aqui em Campo Grande e graças a Deus deu certo a estratégia”.

Por ser vencedor, Rodrigo vai ganhar R$ 3 mil. Como a competição também premia quem bater o recorde, o atleta leva 50% do prêmio a mais, ou seja, mais R$ 1,5 ,mil, totalizando R$ 4,5 mil. No total, a premiação em dinheiro é destinada aos vencedores da maratona é de R$ 20 mil.

Com campograndenews

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas