sexta-feira, 21 de junho de 2024
Campo Grande
22°C

Rádio SOUCG

  • ThePlus Audio

Dirigentes dos clubes se reúnem na segunda para decisão do futuro da FFMS

Dirigentes estarão reunidos em hotel da cidade (foto-acs)

Os dirigentes dos clubes do futebol sul-mato-grossense se reúnem na próxima segunda feira, em um hotel em Campo Grande, para decidirem sobre o futuro dos rumos da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul. A informação é do presidente do Comercial, Cláudio Barbosa, em entrevista hoje ao programa da Rádio Hora, ao jornalista Artur Mário. Segundo o mandatário colorado, o chamamento também está sendo feito pelo presidente operariano Nelson Antônio. Em pauta o rumo da entidade e as condições de realizarem as competições que aproximam.

O Comercial tem ainda a definição do rumo da Série B, que se aproxima e que dará vaga para a temporada 2025. O Arbitral está marcado para o próximo dia 26 de junho. Além disso, tem o Estadual sub-20 que começa já no outro final de semana.

Ontem a FFMS publicou uma nota oficial sobre os acontecimentos deflagrada pelo GAECO, onde o atual presidente Francisco Cezário encontra-se preso por determinação do Ministério Público.

NOTA DA FFMS

A Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS), associação de direito privado, com personalidade jurídica e patrimônio próprio, tendo em vista fato amplamente divulgado pela mídia, envolvendo a Presidência desta entidade, esclarece que todas as denúncias estão sendo apuradas e as medidas judiciais em favor dos investigados já foram tomadas pelos seus respectivos representantes legais.

Em expediente reduzido, a FFMS segue atendendo os filiados nas demandas apresentadas, ficando mantidas as competições em andamento e remodeladas as demais previstas.

Outrossim, em conformidade estatutária, os clubes filiados não respondem solidariamente às demandas judiciais desta Federação.

Qualquer informação deverá ser obtida junto às autoridades competentes, ambiente em que os documentos seguem em sigilo, e não haverá manifesto desta entidade sobre os fatos, até o completo esclarecimento dos mesmos.

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas