sexta-feira, 19 de abril de 2024
Campo Grande
28°C

Rádio SOUCG

Corinthians não resiste pressão e empata com Racing

Timão empata na abertura da sulamericada no Uruguai (foto-timão)

Na noite desta terça-feira, Corinthians fez sua estreia na Sul-Americana, enfrentando o Racing, do Uruguai. Apesar de ter aberto o placar, a equipe brasileira não conseguiu segurar a vantagem e cedeu o empate nos minutos finais da partida.

Com o empate, o Corinthians soma apenas um ponto nesta primeira rodada, ocupando momentaneamente a segunda posição do Grupo F. Atualmente, o líder da chave é o Argentinos Juniors, da Argentina, que soma três pontos após a vitória em sua partida inaugural.

Vale ressaltar que apenas o time que terminar em primeiro lugar de cada grupo avançará diretamente para as oitavas de final da Sul-Americana. Enquanto isso, o segundo colocado terá que disputar uma repescagem contra uma equipe vinda da Copa Libertadores para garantir sua vaga.

A primeira oportunidade do jogo surgiu para o Racing aos dois minutos, quando Veron recebeu um passe em frente à área. Apesar da marcação de Félix Torres e Gustavo Henrique, ele conseguiu dominar a bola e finalizar com perigo, mas para fora do gol.

O Corinthians, por sua vez, teve sua primeira chance aos seis minutos de jogo. Em uma jogada rápida, Fagner conseguiu se livrar da marcação e disparou um chute forte em direção ao gol, exigindo uma boa defesa do goleiro Bacchia.

O gol do Timão sai depois de uma jogada coletiva, Romero combinou com Rodrigo Garro, que cruzou na medida para Yuri Alberto. O camisa 9 se antecipou à marcação e cabeceou com precisão, mandando a bola para o fundo das redes.

O Corinthians não resistiu a pressão e aos 39 minutos, Sosa encontrou Alaniz com um cruzamento preciso, e o jogador argentino finalizou de primeira, deixando o placar empatado.

Opróximo jogo do Corinthians está agendado para daqui a exatamente uma semana, no dia 9 de abril. Os comandados de António Oliveira enfrentarão o Nacional, do Paraguai, às 19h, na

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas