terça-feira, 28 de maio de 2024
Campo Grande
10°C

Rádio SOUCG

Conmebol divulga datas dos jogos de Internacional e Grêmio nas competições continentais

A Conmebol divulgou na madrugada deste domingo (12) as novas datas dos jogos de Grêmio e Internacional que tinham sido adiados na Libertadores e Sul-Americana, por causa da tragédia climática no Rio Grande do Sul.

Os duelos ficaram para início de junho. As partidas do Grêmio contra o Huachipato, no Chile, e diante do Estudiantes, foram reagendadas para os dias 4 e 8 do próximo mês. O encontro com os argentinos ainda tem sede “a definir”, pois o clube gaúcho é o mandante.

Já o colorado visita o Real Tomayapo, na Bolívia, também no dia 4 de junho, e recebe o Delfín, do Equador, no dia 8. A partida em casa do Internacional também está com local “a definir”.

Inicialmente, os quatro jogos estavam marcados para as semanas de 9 e 15 de maio, mas foram adiados pela Conmebol. Há conversas com a entidade para que mais partidas dos clubes gaúchos sejam adiadas.

Nos últimos dias, surgiram na Argentina especulações de que a Conmebol estaria estudando retirar a dupla Gre-Nal da Libertadores e da Sul-Americana, para não prejudicar o calendário dessas competições. A entidade, porém, garante que não existe a chance de isso acontecer e diz que o assunto não é debatido internamente.

Veja as datas anunciadas pela Conmebol:

Grêmio na Libertadores:

Huachipato (CHI) x Grêmio: 4 de junho, às 20h (horário de Mato Grosso do Sul);

Grêmio x Estudiantes (ARG): 8 de junho, às 18h (horário de Mato Grosso do Sul);

Internacional na Sul-Americana:

Real Tomayapo (BOL) x Internacional: 4 de junho, às 20h30 (horário de Mato Grosso do Sul)

Internacional x Delfín (EQU): 8 de junho, às 20h30  (horário de Mato Grosso do Sul)

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp e fique por dentro dos acontecimentos também pelo nosso grupo, acesse o convite.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro


Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas