quinta-feira, 23 de maio de 2024
Campo Grande
23°C

Rádio SOUCG

Brasileiro criador do spray de barreira ganha processo contra FIFA

O brasileiro Heine Allemagne venceu uma batalha judicial contra a FIFA, pela invenção do spray de barreira, que se tornou uma ferramenta para os árbitros de futebol.

Aos 53 anos, o mineiro de Ituiutaba voltou a derrotar a FIFA na última instância no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que condenou a entidade a indenizar o inventor do spray.

Heine moveu o processo contra a FIFA em 2017 pedindo uma indenização milionária. E nesta terça-feira (14), a Justiça confirmou que o brasileiro terá que ser ressarcido pelo órgão por má-fé e uso indevido do spray de barreira.

O inventor brasileiro explicou que ainda não está definido o valor da indenização. Mas a expectativa é que ele receba R$ 206,5 milhões.

Nascido em Ituiutaba, cidade de pouco mais de 100 mil habitantes no Triângulo Mineiro, Heine Allemagne Vilarinho Dias é de uma família de origem humilde. E diz que a invenção surgiu quando ele estava passando por dificuldades financeiras. “Foi quando um dia, em um jogo na TV, o Galvão Bueno disse: ‘eu quero ver o cidadão que vai manter a barreira no lugar’. Aí eu falei: ‘Eu vou resolver isso aqui agora”, disse.

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp e fique por dentro dos acontecimentos também pelo nosso grupo, acesse o convite.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro


Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas