quinta-feira, 25 de julho de 2024
Campo Grande
29°C

Rádio SOUCG

  • ThePlus Audio

Tiago Barbosa retorna ao palco do Teatro Renault após 11 anos como Simba no musical “O Rei Leão”

Após 11 anos de sua estreia marcante, Tiago Barbosa
volta a brilhar nos palcos do Teatro Renault em São Paulo, interpretando Simba no aclamado musical “O Rei Leão”.

Descoberto em audições em 2012, Tiago Barbosa
impressionou a todos com seu talento e carisma, conquistando o papel principal nesta produção que é um verdadeiro sucesso da Broadway.

Desde sua primeira aparição como Simba, Tiago Barbosa
construiu uma carreira notável, destacando-se não apenas no Brasil, mas também internacionalmente. Durante sua trajetória, ele viveu o papel de Simba nos palcos espanhóis, onde foi amplamente aclamado pela crítica e pelo público.

Além de sua atuação em “O Rei Leão”, Tiago Barbosa
está atualmente se preparando para um novo desafio artístico.

Ele se dedicará a um show onde interpretará o repertório do renomado cantor e compositor Milton Nascimento
. Esta nova empreitada promete trazer ao público uma performance emocionante, destacando sua versatilidade e profundo respeito pela música brasileira.

A volta de Tiago Barbosa
ao papel de Simba era aguardada com grande expectativa pelos fãs do musical e esta sendo grandes eventos culturais do ano em São Paulo. A temporada no Teatro Renault celebra o talento e a perseverança de um artista que continua a encantar e inspirar plateias ao redor do mundo.

O musical que está em sua segunda temporada em terras brasileiras, termina em 28 de julho e com a saída do seu antecessor Thales Cesar
que foi para a montagem do musical Hair Spray em São Paulo também, Tiago Barbosa
que já foi considerado o melhor “simba” de todos os tempos volta para essas últimas 50 apresentações desta temporada em São Paulo.

Fotos: Andy Santana / Brazil News

O post Tiago Barbosa retorna ao palco do Teatro Renault após 11 anos como Simba no musical “O Rei Leão”
apareceu primeiro em EGOBrazil
.

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas