domingo, 21 de julho de 2024
Campo Grande
31°C

Rádio SOUCG

  • ThePlus Audio

Marcelo Tas quebra o silêncio sobre treta com o Pânico e revela conversa com Emílio Surita

Marcelo Tas participou do videocast apresentado por Carioca e Bola, personagens do ‘Pânico’, e relembrou a treta entre o programa com o ‘CQC’. Os artistas resgataram as polêmicas da mídia e o apresentador revelou uma conversa com Emílio Surita.

Carioca contou que os integrantes do Pânico se surpreenderam com a chegada da atração e que mídia estimulava a briga entre eles.

“Eu sou uma pessoa competitiva, mas eu acho a competição uma coisa saudável, então ter um programa novo já bate uma zona de risco”, disse ele. “O CQC foi responsável pelo melhor momento do Pânico, porque vocês chegaram e nós tivemos estimulo. Nós trabalhávamos o triplo”, completou.

Tas concordou com o colega de profissão. “O pânico no início estava na RedeTV, bom lembrar isso, e já era um grande sucesso. O CQC estreou, foi bem, e a chegada do Pânico, pra gente, foi muito importante e cria uma insegurança”.

Na sequência, ele revelou uma conversa com Emílio Surita, onde ele pedia para que eles seguissem com a disputa para gerar notoriedade para os dois programas.

“Eu tive uma conversa com o Emílio [Surita] que era o seguinte: ‘Estamos chegando, e aí? Como é que vamos conviver. Você já está vendo que está cheio de casca de banana pra gente sair brigando. Não vamos deixar isso ser desmentido. Vamos manter a tensão'”, declarou.

“Mas pânico dava mais audiência”, brincou Carioca.

+ Fique por dentro do mundo dos famosos: veja as notícias no iG Gente
!

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas