sexta-feira, 12 de abril de 2024
Campo Grande
24°C

Rádio SOUCG

Irmã de Buda abre o jogo sobre notificação extrajudicial contra Camila

Lucas Henrique está no top 10 do BBB 24 e nem imagina a confusão que causou fora do confinamento ao flertar com Giovanna Pitel, apesar de já ter percebido alguns sinais com a ausência da ex-esposa. Camila Moura pediu o divórcio do brother e se envolveu em um grande conflito com a família do participante, sendo inclusive notificada extrajudicialmente. 

À coluna Play, do jornal O Globo, uma das irmãs do capoeirista, Rose Ferreira, explicou a decisão de recorrer à Justiça: “Estamos pedindo que ela entregue o celular dele e o acesso às redes sociais. Porque nós não temos contato nenhum com ela. Ela simplesmente não quero falar conosco. Já que ela deixou bem claro para quem quiser saber que está cuidando da carreira dela, então nada mais justo do que a família cuidar dele nesta reta final do BBB. É só por isso”.

“As redes do Lucas já estão em poder da família, que contratou até uma empresa, a agência Mynd, para cuidar do perfil dele”, disse Adélia Soares, advogada de Camila Moura, à revista Quem.

“Ela está mentindo desde o começo, porque a gente nem sabia dessa agência. Se tem uma agência no meio, alguém assinou esse contrato, certo? E agora ela tem que provar quem é que assinou. A única família que o Lucas tem somos eu e minha irmã. Meu pai e minha mãe são falecidos. E eu garanto que nosso nome não está lá. Como ela era a procuradora dele, ela que tinha acesso a tudo. A gente não sabe nada, estamos perdidas aqui”, contestou a irmã do brother.

“O Lucas estava exposto demais por um erro que a gente sabe que ele cometeu. Ninguém está passando a mão na cabeça dele, ele vai ter que arcar com os erros. Mas nesta história que ela falou que a família não ajudou e não fez nada, houve um monte de ataques nas nossas redes sociais. Minha irmã tentou suicídio. Está fazendo tratamento psicológico para poder melhorar. A gente tinha que fazer alguma coisa. Porque o povo da internet nos atacou de uma maneira horrível, teve ameaça de morte. Por pouco não acontece uma tragédia com a minha irmã por causa de tudo isso”, disparou.

Já Adélia Soares rebateu as falas da irmã de Lucas Henrique: “A família do Lucas está fazendo algumas solicitações, em relação às redes sociais e ao celular, mas a Camila não tem qualquer autorização para fazer essa transferência para eles, porque ela tem essa procuração do Lucas. A partir do momento que esses poderes forem destituídos, ou o próprio Lucas sair da casa, aí pode. Hoje, se ela faz qualquer concessão de algo que é da propriedade do Lucas, ela pode vir a responder cível e criminalmente por isso. Tanto o celular quanto a rede social, ou o que for, ela não pode simplesmente chegar e entregar para qualquer pessoa sem a anuência dele, seja para quem quer que seja”.

“Eu falei família, mas eu quis dizer a amiga. Na verdade, tem uma amiga dele, que faz parte do grupo de gestão das redes sociais. E essa amiga pessoal dele, o braço direito dele, é que está cuidando diretamente disso com a agência, a Mynd. Ela está dando todos os direcionamentos lá do grupo. Obviamente, a Camila também faz parte do grupo, porque ela também responde por o tudo que acontecer até o Lucas sair. Infelizmente, ela está sob essa procuração, ela não pode renunciar a esses poderes com ele lá dentro da casa”, concluiu.

*Texto de Júlia Wasko

Júlia Wasko é estudante de Jornalismo e encantada por notícias, entretenimento e comunicação. Siga Júlia Wasko no Instagram: @juwasko

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas