sexta-feira, 19 de abril de 2024
Campo Grande
29°C

Rádio SOUCG

Gisele Bündchen relembra mudança drástica em estilo de vida: "Esforço"

No último mês, Gisele Bündchen lançou um novo livro intitulado Nutrir: Receitas Simples para Corpo e Alma, onde compartilha 100 receitas descomplicadas com ingredientes do dia a dia. Em entrevista à Vogue, a modelo confessou que precisou transformar completamente sua vida para conquistar um estilo mais saudável.

“Eu gosto de cozinhar, é algo que me faz sentir bem, pois sei o que está na minha comida. Mas estou muito longe de ser uma cozinheira de mão cheia. A grande maioria das receitas do meu livro são coisas simples, que qualquer um pode fazer. Cozinho para mim mesma desde muito jovem, quando saí de casa pra morar sozinha”, admitiu.

Aos 20 anos, ela sofreu com depressão e ataques de pânico e precisou mudar sua alimentação: “Foi um processo de transformação drástico e profundo. Do dia pra noite retirei qualquer tipo de alimento que se transformasse em açúcar no meu corpo e mudei muitos hábitos que não me faziam bem… Parei de fumar, de beber vinho, tomar café… Apesar de ter sido um grande esforço na época, hoje estes hábitos fazem parte do meu dia a dia e me fazem sentir bem”.

“Esses ‘maus hábitos’ são bengalas, pois eles ajudam a amenizar situações que talvez não queiramos lidar. Mas, na realidade, eles trazem impactos negativos para nossas vidas, por isso é tão importante se questionar, buscar alternativas para lidar com aquilo que nos aflige e ter coragem e força de vontade para fazer a mudança. Não é fácil, mas na vida tudo é uma questão de escolha e, no final, é você que irá viver as consequências de suas escolhas”, acrescentou.

“A vida tem muitos ciclos e, volta e meia, enfrentamos períodos mais desafiadores. Além disso, sou ligada no 220v, estou sempre com muitas ideias, muitos projetos, muitos sonhos e uso estas ferramentas justamente para ajudar a me centrar. A prática da meditação ou exercícios de respiração ajudam muito nisso, assim como o exercício físico, eles me dão energia e me trazem bem-estar (…) Passando tempo com meus filhos e com pessoas que eu amo, me exercitando, praticando ioga, fazendo exercícios de respiração, trabalhando em projetos que me inspiram…”, pontuou.

“Eu amo frutas. Uma manga, um mamão papaia, um abacaxi bem docinho. Eu fico maravilhada com a variedade de sabores que a natureza nos proporciona. Das comidas preparadas, adoro rolinho primavera com papel de arroz e molho de tahine para acompanhar, falafel, torta de banana gelada… são tantas opções. Tudo que está no meu livro, eu adoro! (…) Sinto que uma alimentação saudável, exercícios físicos diários, descanso apropriado, prática de meditação e respiração e, mais que tudo, um propósito de vida são essenciais para uma vida longeva. Me vejo cada vez mais passando mais tempo com as pessoas que amo, continuando minhas práticas de bem-estar, criando e fazendo as coisas que me fazem bem e me deixam feliz”, disse.

Em janeiro deste ano, Gisele Bündchen lidou com a morte de sua mãe, Vania Nonnenmacher, em decorrência de um câncer.  “Minha mãe sempre foi minha Mulher-Maravilha. Nos ensinou a ser fortes e fazer as coisas por nós mesmas. A colaborar e ajudarmos umas às outras, pois somos mais fortes quando estamos unidas (…) São tantas as lições… Minha mãe sempre foi minha Mulher-Maravilha, nos ensinou, por exemplo, que tudo que vem da natureza é melhor para nós. Nos ensinou a ser fortes e fazer as coisas por nós mesmas. A colaborar e ajudarmos umas às outras, pois somos mais fortes quando estamos unidas. Ela era uma altruísta discreta. Sempre ajudou a todos. Ela era muito especial.”, explicou.

*Texto de Júlia Wasko

Júlia Wasko é estudante de Jornalismo e encantada por notícias, entretenimento e comunicação. Siga Júlia Wasko no Instagram: @juwasko

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas