sexta-feira, 21 de junho de 2024
Campo Grande
22°C

Rádio SOUCG

  • ThePlus Audio

Backstreet Boys: série aborda acusações de estupro contra Nick Carter

As acusações de estupro contra Nick Carter, do Backstreet Boys, são assunto da série documental de quatro partes ‘Nick e Aaron Carter: A Queda dos Ídolos’, da Max. Três mulheres alegam terem sido vítimas de violência sexual por parte do cantor; ele se negou a dar entrevista à produção.

Os crimes teriam acontecido no início dos anos 2000. As supostas vítimas, Melissa Schuman, Shannon Ruth e Ashley Repp, também processam o cantor na Justiça.

Após o lançamento da série, Nick Carter se pronunciou por meio dos seus advogados e classificou as acusações como “revoltantes”. “Elas estão espalhando mentiras”, dizia o comunicado ao Los Angeles Times. Ele abriu um processo contra as três mulheres por “difamação”.

Melissa Schuman, que fazia parte do grupo feminino Dream, entrou com uma ação civil contra o cantor em abril do ano passado por um estupro que teria acontecido em 2002, quando ela tinha 18 anos e ele, 22.

Shannon Ruth, por sua vez, foi à Justiça contra Carter em 2022. Ela afirma que o estupro aconteceu em 2001, após um show do Backstreet Boys em Tacoma, Washington (EUA), quando ela tinha 17 anos.

Por fim, Ashley Repp entrou com uma ação em agosto do ano passado, alegando que Carter a agrediu três vezes na Flórida em 2003, quando ela tinha 15 anos e ele, 23.

Na série, o ex-Backstreet Boys também é acusado de violência doméstica contra a ex-namorada Paris Hilton. A obra mostra imagens da época em que eles tiveram um relacionamento, em 2003, nas quais ela aparece com machucados.

‘Nick e Aaron Carter: A Queda dos Ídolos’ explora a vida e as polêmicas dos irmãos Carter. Antes de sua morte, em 2022, Aaron apoiou publicamente as três mulheres que acusaram seu irmão mais velho de agressão sexual.

Quer ficar por dentro das principais notícias do dia?  Clique aqui e faça parte do nosso canal no WhatsApp

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas