sexta-feira, 24 de maio de 2024
Campo Grande
20°C

Rádio SOUCG

Parktec CG: Conexões e as tecnologias no mundo dos negócios são tema de palestras no Tech & Invest

Marcado por uma vasta programação com palestras que colocaram em discussão temas como o uso das inovações tecnológicas no campo do empreendedorismo, o segundo dia de atividades do Tech & Invest reuniu durante todo o dia de ontem (9) empreendedores, especialistas e entusiastas de várias idades, no Parque Tecnológico de Campo Grande (Parktec CG).

O secretário municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio, Ademar Silva Junior, participou da abertura dos trabalhos no segundo dia de evento e falou da importância do Parktec CG na construção de conexões entre instituições e órgãos públicos, com o objetivo de criar um ecossistema propício ao desenvolvimento.

“É primordial para a comunidade científica de Campo Grande e do Mato Grosso do Sul como um todo esse trabalho conjunto, que dá sustentação ao Parque e às ações aqui desenvolvidas”, enfatizou.

O reitor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Marcelo Turine, também presente no Parque Tecnológico de Campo Grande, destacou a necessidade de inovação nos mais diferentes segmentos e instituições e o estreitamento de laços entre o Parktec CG e a UFMS, oferecendo aos jovens empreendedores o contato direto com o universo da evolução sustentável.

“Tema essencial para o desenvolvimento do município e de Mato Grosso do Sul é pensar em inovação e sustentabilidade e, aqui, está o nosso compromisso enquanto instituição com a Prefeitura de Campo Grande, de estreitar esses laços entre Universidade e Parque Tecnológico, trazendo nossos futuros profissionais, futuros empresários para esse ambiente, pois, sem inovação, nossas instituições não têm salvação. Quem não inovar vai se perder nesse mundo globalizado, de conexões”.

Um dos palestrantes do evento, o secretário-executivo de Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo de Mato Grosso do Sul, Ricardo Senna, exaltou o grande potencial de Campo Grande, diante das oportunidades trazidas pela Rota Biocêanica.

“Campo Grande já conseguiu conquistar espaço no turismo de negócio e eventos e pode se tornar o grande hub de conexão para a Rota Bioceânica, explorando as possibilidades de forma criativa, inovadora, tecnológica e sustentável.”

Outro palestrante, o gerente de aceleração da Darwin Startups, Murilo Domingos, salientou a importância do investimento feito pelo poder público na manutenção de espaços como o Parktec CG, voltados ao debate e fomento do empreendedorismo.

“Esse olhar do poder público para essa questão é essencial porque, mesmo o universo de investimento sendo um universo de capital privado, ele só entra em jogo depois de algumas fases. As primeiras fases, que é fomentar realmente o empreendedorismo na região, plantar a sementinha, de que um universitário pode optar por empreender invés de ir para uma corporação, permitir que possa tirar a ideia do papel e dar os primeiros passos, isso é fundamental para o ecossistema se estruturar. Quando não há essa base, a gente não chega na parte onde entram os investidores privados e todo esse mercado”, pontuou.

Segundo Murilo, além das orientações oferecidas às empresas que já estão no mercado, outra característica do evento é arrebanhar novos futuros empreendedores. “No primeiro dia de evento eu tive o prazer de conhecer várias empresas, dando mentoria para algumas, ter uma noção de quanta coisa boa estão fazendo aqui. Hoje o grande desafio é compartilhar um pouco de conhecimento, principalmente com as pessoas que querem empreender, mas não começaram ainda, plantar aquela sementinha naqueles estudantes que, ao ouvir um exemplo, sentem o desejo de começar”, concluiu.

Adryan Lychn, de 17 anos, é um desses jovens talentos atraídos pelo universo das startups. Apaixonado por programação com foco no bilionário mercado de games, o estudante do 1º ano do Ensino Médio sabe muito bem o que quer.  Ele explica que pretende empreender no ramo e, num futuro não muito distante, mirar mercados como Estados Unidos e Canadá. Para ele, é fundamental a participação do público jovem em eventos relacionados à tecnologia e ao empreendedorismo.

“Os painéis são incríveis, muita coisa legal sendo apresentada e estou tendo a oportunidade de aprender bastante. Aqui tem gente bem mais velha que eu e acredito que, cada vez mais, as pessoas estão despertando mais cedo para esses temas, se preparando para um universo encantador e repleto de oportunidades. A minha área de interesse, por exemplo (programação de games) é um mercado que movimenta mais dinheiro que a indústria de filmes e da música juntos”, pontuou.

A estudante do segundo semestre de Administração, Daiani Duarte Garcia (27) conta que viveu a experiência de empreender, mas pela falta de preparo e direcionamento, não conseguiu seguir adiante. Ela ressalta a importância de ambientes de debate com o surgimento do ParkeTec CG, que possibilitou junto com UFMS a realização do Tech & Invest, para abrir horizontes e ajudar nas tomadas de decisões de empreendedores em todas as fases do processo, quer seja na escolha de caminhos ou ajustes de rota.

“Na pandemia abri um CNPJ, mas sem nada certo ou ideia de que tipo de produto ofereceria. Passados alguns anos, estou retomando os estudos e o sonho de ter o próprio negócio. Sanei as pendências do antigo negócio E pretendo empreender pela segunda vez, agora um pouco mais preparada, com mais bagagem, para ser gestora de algo produtivo. É brilhante vir aqui e ouvir pessoas que, assim como eu, um dia deram o primeiro passo, e hoje contam suas histórias que nos ajudam a otimizar nossa jornada e nos inspiram a continuar”.

 

Tech & Invest CG

O  “Tech & Invest CG”, evento de tecnologia, inovação e empreendedorismo, foi realizado em Campo Grande nos dias dias 8 e 9 de maio, promovido pelo Parque Tecnológico de Campo Grande (ParkTec CG), B3 Bolsa do Brasil, Universidade Federal de MS e Darwin Startups,  com o objetivo de fomentar o ecossistema desse ramo de atividade no Mato Grosso do Sul.

Nos dias 10 e 11 de maio será realizado o evento “Be T3ch” na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul UFMS, integrado à Semana de Desenvolvimento Profissional, ocasião que envolverá palestras e uma roda de conversa com os membros da empresa B3 – A bolsa do Brasil.

Na ocasião, serão abordados os principais tópicos da área de tecnologia: inteligência artificial, ciência de dados, engenharia de software e inovação. Além da parte técnica, também será um momento para conhecer mais o lado pessoal desses profissionais: suas trajetórias e tomadas de decisão no mundo de negócios.

Be T3ch

Sexta-feira, dia 10 de maio
Roda de Conversa: Carreiras em TI, na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul Cidade Universitária.

Sábado, dia 11 de maio
Palestras de TI, na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul Cidade Universitária

Local: Complexo Multiuso 1, na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul Cidade Universitária (em frente ao Restaurante Universitário). Av. Costa e Silva Pioneiros.

Dúvidas do evento via e-mail: [email protected]

As inscrições podem ser realizadas através do site: https://protagonistas-do-futuro.github.io/SitePDF/home/.

 

 

#pratodosverem     Na matéria há sete imagens. Na primeira, usada como capa mostra, a partir da perspectiva de quem estava ao fundo da sala, o espaço de palestras do Parktec CG; segunda: foto mostra o secretário municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio, Ademar Silva Junior; terceira: o reitor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Marcelo Turine ao lado de dois alunos da Universidade; quarta: secretário-executivo de Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo de Mato Grosso do Sul, Ricardo Senna; quinta: gerente de aceleração da Darwin Startups, Murilo Domingos; sexta: estudante Adryan Lychn; sétima: estudante de administração, Daiani Duarte Garcia.

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas