domingo, 21 de julho de 2024
Campo Grande
31°C

Rádio SOUCG

  • ThePlus Audio

Vazio sanitário da soja entra em vigor nesta quarta no RS

O vazio sanitário da soja no Rio Grande do Sul, estabelecido através da portaria SDA/Mapa nº 1.111, entra em vigor nesta quarta-feira (3).

O período se estende até 30 de setembro de 2024 em todas as regiões do estado. Assim, entre estes 90 dias, não se pode manter plantas vivas de soja em qualquer fase de desenvolvimento.

O vazio sanitário foi instituído pelo Ministério da Agricultura e Abastecimento (Mapa) como uma das medidas fitossanitárias para o controle da ferrugem da soja, causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi e considerada uma das doenças mais severas que incidem na cultura, podendo causar danos que variam de 10% a 90% da produção, dependendo da região.

Período de semeadura de soja

plantio direto soja carbono
Foto: Pedro Luiz de Freitas/ Embrapa

A partir de 01 de outubro deste ano a 28 de janeiro de 2025, ocorre a semeadura da soja prevista para o estado referente à safra 2024/25.

De acordo com o diretor do Departamento de Defesa Vegetal, Ricardo Felicetti, da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi), o ajuste no período de semeadura, com a retirada das três zonas de períodos diferentes que existiam no Rio Grande do Sul, foi definido após uma reunião de alinhamento entre Mapa, Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) e a Seapi.

“Não havia medida muito efetiva para manutenção deste calendário e os outros estados teriam influência do ponto de vista fitopatológico e epidemiológico”, avalia Felicetti.

Segundo ele, foi importante fazer esta mudança para que todos os produtores tivessem um período de semeadura ampliado e garantindo o vazio sanitário.

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas