sexta-feira, 21 de junho de 2024
Campo Grande
22°C

Rádio SOUCG

  • ThePlus Audio

Em fórum, CEO da JBS enfatiza aumento de produtividade sustentável

A terceira edição do Fórum Esfera Brasil, realizada no litoral paulista, reuniu ministros, governadores, senadores, autoridades e grandes nomes da iniciativa privada para discutir o desenvolvimento nacional, focando em reformas estruturantes, transição energética e segurança pública.

Confira na palma da mão informações quentes sobre agricultura, pecuária, economia e previsão do tempo: siga o Canal Rural no WhatsApp!

Entre os participantes de destaque, Gilberto Tomazoni, CEO global da JBS, trouxe uma visão otimista sobre a descarbonização como vetor de crescimento. “A descarbonização e a onda verde são vetores de crescimento. Vão gerar muitos investimentos. Em 2050, teremos 10 bilhões de pessoas no mundo, 2 bilhões a mais, e vamos ter de alimentar todos. Temos 2,4 bilhões de pessoas no mundo com insegurança alimentar. E o Brasil tem a grande oportunidade, porque podemos produzir mais sem emitir mais. É um dos poucos países do mundo nessa condição,” afirmou Tomazoni.

Ele destacou a necessidade de aumentar a produtividade agrícola utilizando tecnologia de ponta, biotecnologia e práticas regenerativas. “O foco tem que ser o aumento da produtividade, levando ao uso de práticas mais sustentáveis. Para isso, precisa de um sistema de financiamentos, e usar a questão do trade para ser um agente de redução da insegurança alimentar. O Brasil tem produção adicional e pode ser parte da solução,” concluiu o CEO, enfatizando a importância de “colocar o pequeno produtor no centro dessa agenda.”

O evento contou ainda com a presença de Alexandre Silveira, Ministro de Minas e Energia; Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central; Miriam Belchior, secretária-executiva da Casa Civil; Tarcísio de Freitas, governador de São Paulo; e Mário Sarrubbo, secretário nacional de Segurança Pública. As discussões reafirmaram o compromisso com o futuro sustentável do Brasil, abordando temas cruciais para o desenvolvimento nacional.

Fonte

Enquete

O que falta para o centro de Campo Grande ter mais movimento?

Últimas